Japão:CensosEditar esta página

Da FamilySearch Wiki

Japão Gotoarrow.png Censos

Japan second census stamp set.JPG

Índice

Inscrição de Registros de Residência (Koseki)

O que são

Koseki é um registro da população, que é feito em todo o país pelo governo no Japão. Esta é uma compilação de informações sobre cada agregado familiar, incluindo os nomes de todos os membros da família. Eles são atualizados regularmente. Quando alguém nasce, casa, ou morre, os cidadãos são obrigados a reportá-lo ao cartório de registro da aldeia, vila ou cidade.

O primeiro, o Koseki Jinshin, foi iniciado em 1872 e concluído em 1873. As distinções entre a nobreza (Kazoku), os samurai (shizoku), os plebeus (heimin) e exilados (burakumin) foram registrados e os registros perpetuaram as distinções de classe. O sistema de registro Jinshin Koseki tomou o domicílio ou casa (ko) como sua unidade básica. O formato para Jinshin Koseki foi padronizado em 1886.

Em 1898 eles já não registravam as distinções de classe. Além disso, em 1898 o status legal foi dado à, família tradicional japonesa em geral. Neste sistema, o agregado familiar (ie) engloba todos os indivíduos dentro da família que eram legalmente subordinados ao chefe da família (koshu) que era encarregado com a manutenção de todos os membros da família. Posteriormente, este sentido mais amplo da família foi estabelecida como a unidade básica do koseki.

Em 1947, após a Segunda Guerra Mundial, a nova Constituição aboliu o (ie) regime de economia familiar como uma entidade legal e a lei Koseki foi alterada para colocar uma ênfase no indivíduo. Informações no Koseki pós 1947 se limita à família nuclear (marido, esposa e filhos).

Japan_page14

Antes da guerra, onde a família morava (domicílio atual) também era considerado o domicílio permanente. Depois da guerra, o lugar onde a família vivia (domicílio atual) não era necessariamente considerado o domicílio permanente. O local onde a família vivia antes da guerra é às vezes considerado o domicílio permanente.

Depois que uma pessoa morre ou foi de outra forma removido do Koseki, o registro é considerado um joseki (koseki expirado). Descendentes diretos podem obter esses registros do cartório de registros no Japão.

Conteúdo

  • Domicílio permanente (honsekichi)
  • Nome e data de nascimento dos seguintes familiares:
    • Marido ou chefe da família (koshu)
    • Esposa do chefe da família
    • Filhos do chefe da família
    • Pais e os avós do koshu (se vivem na casa) e a esposa do koshu

Em alguns Koseki, os filhos, netos, irmãos e irmãs do koshu são relacionados, com suas datas de nascimento e locais

  • Data de constituição do agregado familiar
  • Data e local de casamento dos seguintes familiares:
    • Chefe da família
    • Cada um de seus filhos
  • Data e local da morte de membros do agregado familiar

Registros do Censo da Inquisição Religiosa (Shumoncho)

O que são

O Censo de inquisição religiosa é um censo que era realizado periodicamente para classificar as pessoas de acordo com sua religião e para detectar os cristãos ilegais. O governo exigia que todos registrassem sua filiação religiosa com o templo budista local ou santuário Shinto. Sacerdotes do templo eram obrigados a dar essa informação para as autoridades locais. Eles não incluíam samurais. Alguns tipos de shumoncho são:

  • Registros de Inquisição religiosa (shumon aratamecho ou shumoncho)
  • Registros de vigilância individual (ninbetsucho)
  • Registros de Cinco Agregados Familiares (goningmicho)

Registros Goningumi eram compilados para controlar a população e para deter a má conduta dentro dos grupos de bairro. Estes grupos consistiam na unidade de cinco famílias, que dividiam a responsabilidade e prestação de contas pela conduta dos outros e não-cristãos. Período de tempo dos registros é de 1640 a 1872.

Use esses registros para

Esses registros são usados ​​para encontrar os nomes do chefe de família e membros da família. Porque eles foram criados antes da época em que eram usados ​​sobrenomes, eles não incluem sobrenomes.

Conteúdo

  • Descreve a estrutura da comunidade local
  • Classifica as famílias de acordo com a sua condição de agricultores, artesãos, comerciantes e exilados
  • Eles não contam samurais ou nobres da corte, e eles às vezes omitem crianças e os grupos sociais marginais

Shumon-Aratamecho:

  • O nome do chefe de cada casa e os nomes dos membros do agregado familiar
  • Sexo de cada membro da família
  • Relação com o chefe de família
  • Idade no momento do censo
  • Afiliação Sectária
  • Confirmação da filiação no templo
  • Localização do templo familiar
  • O número de residentes da casa (às vezes a relação de servidores, animais possuídos e propriedade)

Ninbetsucho:

  • Dá a localização e a data do documento criado
  • Nome da família
  • Nomes, idades, sexos, e relação com o chefe de família
  • Posição dos membros do agregado familiar, os animais, propriedade e notações fiscais
  • O valor dos impostos pagos

Goningumicho:

  • Dá os nomes de cada um dos cinco chefes de família e chefe do grupo
  • Localidade, data, o selo do templo atestando a ortodoxia religiosa
  • Às vezes, os nomes dos membros do agregado familiar

Como obtê-los

Cerca de 30 por cento dos registros ainda existentes estão disponíveis na Biblioteca de História da Família. Porque eles estão espalhados em arquivos, coleções particulares, nas casas dos descendentes dos chefes de aldeia, e até mesmo em alguns templos budistas e santuários xintoístas, você deve procurá-los.

As leis de privacidade, e retenções de 80 anos restringem o acesso a Koseki.[1]

Outros recursos

O Censo de Inquisição religiosa foi feito periodicamente para classificar as pessoas de acordo com sua religião e para detectar os cristãos ilegais.

Referências

  1. Dr. Kin-itsu Hirata and Dr. Greg Gubler, "Family and Local History in Japan. Breaking the Impasse: Sources and Options in Japanese Family History Research," World Conference on Records: Preserving Our Heritage, August 12-15, 1980, Vol. 11: Asian and African Family and Local History. FHL US/CAN Book 929.1 W893 1980 v. 11





  • Esta página foi modificada pela última vez às 19h52min de 25 de Maio de 2015.
  • Esta página foi acedida 182 vezes.