Polônia Emigração e ImigraçãoEditar esta página

Da FamilySearch Wiki

Polônia Gotoarrow.png Página Inicial

As fontes de emigração e imigração listam os nomes de pessoas deixando (emigrando) ou entrando (imigrando) na Polônia. Estas listas incluem listas de passageiros, permissões de emigrar, e os registros de passaportes emitidos. As informações contidas nestes registros podem incluir nome, idade, profissão, destino e lugar de origem, ou lugar de nascimento do emigrante.

Estas fontes podem ajudar a determinar de onde na Polônia seu antepassado partiu e, também, na elaboração de grupos familiares. Infelizmente, há poucos registros de emigração da Polônia, mas existem alguns registros úteis de imigrantes poloneses na América.

Esta Seção Discute:

  • Emigração da Polônia, incluindo o contexto histórico da emigração polonesa
  • Encontrar uma cidade de origem dos imigrantes
  • Listas de passageiros
  • Outros registros de partida
  • Registros de emigrantes poloneses em seu países de destino

As pessoas emigraram da Polônia para lugares como os Estados Unidos, Canadá, Austrália, Nova Zelândia, França e América do Sul, começando na década de 1820. A maioria dos primeiros emigrantes saíram de áreas governadas pelos prussianos, indo para os Estados Unidos e, em menor grau, para a França. Esses incluíam emigrantes das etnias polonesa e alemã. Os primeiros emigrantes poloneses  governados pela Rússia eram dos Distritos de Suwalki e Lomza. Um grande número dessas pessoas eram judeus.

A maioria dos primeiros emigrantes que foram para os Estados Unidos estabeleceram-se no Texas, em Hamtramck, Michigan, e na área de Chicago. A emigração era pequena, até 1854, quando os poloneses da Silésia começaram a se estabelecer no Texas. Uma grande onda de emigração polonesa começou na década de 1870.

Posteriormente, muitos emigrantes deixaram a parte austríaca da Polônia (Galícia, ao Sul) e a Polônia russa, indo, muitos deles, para Illinois, Wisconsin, New York, Michigan, e outras áreas dos Estados Unidos. De 1900 a 1915, muitos poloneses se estabeleceram em Chicago, Nova York, Connecticut, Estado de Nova York, Pensilvânia, Nova Jersey e Massachusetts. De 1870 a 1914, 3.6 milhões de poloneses deixaram os três impérios que controlaram a Polônia (Rússia, Áustria e Prússia). Os poloneses russos constituíram 53%, os da Galícia (poloneses austríacos) 43%, e os poloneses prussianos 4% do total da imigração polonesa de 1895 a 1911.

Se você não consegue localizar o seu antepassado, você pode encontrar informações sobre a emigração de vizinhos de seu antepassado. Pessoas que viviam próximas umas das outras na Polônia podem ter optado por fazerem o mesmo também no país para onde emigraram.

Índice

Encontrar o Local de Origem de um Emigrante

Depois de ter encontrado o seu ancestral imigrante, você deve determinar a cidade ou a vila de onde ele emigrou. A Polônia não tem nenhum índice nacional para nascimentos, casamentos, registros de morte ou outros registros necessários para a pesquisa genealógica.

Entretanto, várias outras fontes podem fornecer o local de origem de seus ancestrais. Os membros da família ou uma biblioteca podem ter documentos de nascimento, casamento e óbito que podem estar em:

  • Obituários
  • Revistas
  • Fotografias
  • Cartas
  • Bíblias Familiares
  • Certificados ou registros de Igreja
  • Processos de naturalização e petições
  • Listas de passageiros
  • Passaportes
  • Herança de família

Às vezes, é possível supor de onde um imigrante é originário através de mapas de distribuição de sobrenomes como na página Mapas de distribuição de sobrenomes.

Informações adicionais sobre como localizar as origens de antepassados ​​imigrantes podem ser encontradas na página Rastreamento da origem dos imigrantes.

Listas de Passageiros

Os portos poloneses de Gdansk (Danzig) e Szczecin (Stettin) eram os principais portos de carga e muitos passageiros não se utilizaram desses portos. A maioria dos emigrantes ia de trem para a Alemanha e, em seguida, embarcava a partir de um porto alemão. Os principais portos de partida para os emigrantes da Polônia eram os de Hamburgo e Bremen; Hamburgo, por ter mais agentes e publicidade na Europa Oriental, era mais utilizado por emigrantes poloneses do que o de Bremen. As listas de passageiros de Bremen não foram preservadas, mas as de Hamburgo, de 1850-1934, estão preservadas e acessíveis para a pesquisa. As informações nestas listas de passageiros variam, mas, geralmente, incluem nomes, idades, profissões e destinos. Além disso, os dados da última residência ou o local de nascimento podem ser obtidos.

A Biblioteca da História da Família tem cópias em microfilme dos registros originais do porto de Hamburgo. Os números dos microfilmes desses registros são listados na seção Local do Catálogo da Biblioteca de História da Família em:

ALEMANHA, HAMBURGO, HAMBURGO EMIGRAÇÃO E IMIGRAÇÃO

Estas listas de passageiros e os índices são mais completamente descritas na página Listas de passageiros de Hamburgo. Nota: O antigo Guia de Recursos da Lista de Passageiros de Hamburgo foi incorporado ao artigo.

Outros Registros de Partidas

A emigração da Polônia deu origem a vários tipos de registros, incluindo pedidos de passaporte, relatórios policiais e registros; anúncios de jornais e anotações nos registros da igreja ou de registro civil. Tais registros, se preservados, estão em arquivos municipais e distritais. A Biblioteca de História da Família não tem microfilmados tais registros da Polônia, e eles não são facilmente acessíveis ao público.

Um site muito útil que mostra um mapa de assentamento de pessoas na Polônia oriental, vindas de outras áreas, pode ser encontrado neste link. (Obs: texto em alemão)

Registros de Emigrantes Poloneses nos seus Países de Destino

Às vezes, as melhores fontes de informação sobre os seus antepassados ​​imigrantes encontram-se no país para onde eles emigraram. Você deve pesquisar os registros do lugar onde seus antepassados se estabeleceram, como registros de chegada de passageiros e registros de naturalização. Estes, por vezes, fornecem a cidade de origem e outras informações. Para saber mais sobre esses registros, utilize compêndios, manuais e artigos do FamilySearch Wiki, se disponível, para aquele país.

A maioria dos imigrantes poloneses que foram para os Estados Unidos entraram por Nova York, Baltimore, Galveston, ou Nova Orleans. A Biblioteca de História da Família tem cópias em microfilme dos registros de chegada nesses e em outros portos dos Estados Unidos. A maioria estão indexados. Ver Estados Unidos, Emigração e Imigração para obter mais informações sobre registros de emigração e imigração nos Estados Unidos. É muito importante notar que muitos imigrantes que se dirigiram para os EUA chegaram na América do Norte através de um porto canadense, de onde fizeram o caminho para os Estados Unidos usando trens. Se foram pelas pradarias, muitos foram longe, até Winnipeg ou Manitoba, antes de virarem para o sul e chegar nos Estados Unidos. Canadá, Austrália e outras nações mantiveram registros semelhantes de chegadas. Os artigos do FamilySearch Wiki "Emigração e Imigração" do país para onde o seu antepassado foi devem fornecer informações a respeito dos seus registros de imigração.

A bibliografia de mais de 2.500 listas publicadas de emigrantes e imigrantes é a seguinte:

Filby, P. William. Passenger and Immigrations Lists Bibliography, 1538–1900. 2d ed. Detroit, Michigan: Gale Research, 1988. (FHL book 973 W33p 1988.)

Mais de 1.000 dessas listas de passageiros e de imigração são indexados em:

Filby, P. William, et al.Passenger and Immigration Lists Index. 9 vols. Detroit, Michigan: Gale Research, Q1981–. (FHL book 973 W33p.) Este não é um índice oficial dos EUA das listas de chegada. Muitos dos nomes são de fontes publicadas após 1820. 

Existem várias listas de imigração dirigidos especificamente para pessoas que emigraram da Polônia. Estes incluem:

Surname Index. Houston, Texas: The Polish Genealogical Society of Texas, 1988–. (FHL book 976.4144 F25p.)

Geraldine Moser. Hamburg passengers from the Kingdom of Poland and the Russian Empire. Washington, D.C.: Landmen Press, 1996. (FHL book 943.8 W2m.)

A Imigração para a Polônia

Um número significativo de imigrantes mudou-se para a Polônia a partir de 1770 até 1850. A maioria deles veio da Alemanha, mas outros vieram da Holanda, França, e até mesmo da Escócia. Esta onda de imigração foi motivada por ofertas de assentamentos em novas terras na Rússia. Muitos desses imigrantes tinham sofrido perdas econômicas ou perseguição religiosa em seus países de origem.

Um site muito útil que mostra uma mapas de assentamento na Polônia oriental de pessoas vindas de outras áreas podem ser encontradas neste link (Obs: texto em alemão).  Estes mapas também podem ser úteis para fazer buscas na área de pessoas que se estabeleceram na Polônia.

Sites da Web

Europa, Registros de emigração
Grande emigração política polonesa (1831 - 1870)


  • Esta página foi modificada pela última vez às 00h08min de 29 de Março de 2015.
  • Esta página foi acedida 3 037 vezes.