Índice Genealógico Internacional (IGI)

De FamilySearch Wiki
Ir para: navegação, pesquisa
GEO Globe.jpg

O Índice Genealógico Internacional (IGI) é um arquivo de computador criado por A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Foi publicado pela primeira vez em 1973 e continuou a crescer até dezembro de 2008. Contém várias centenas de milhões de entradas, em cada uma o registro de um evento, como um nascimento, batismo, casamento ou morte.
As Informações no IGI vieram de duas fontes:

1. Algumas das entradas no IGI foram indexados pela comunidade genealógica de coleções de registros vitais e registros da igreja (cerca de 460 milhões de nomes). Registros indexados são valiosas fontes de informação primária. Infelizmente, as tentativas de evitar a duplicação resultaram na exclusão de alguns registros indexados.

2. Algumas das informações no IGI advém da contribuição por membros da Igreja sobre os seus antepassados ​​(cerca de 430 milhões de nomes). A qualidade desta informação varia. Entradas duplicadas e informações inconsistentes são comuns. Sempre verifique as entradas contribuídas em relação as fontes de informação primária.

Acessando o Índice Genealógico Internacional

Ao longo dos anos, o acesso ao IGI tem avançado com a tecnologia. Primeiro disponível em microfilme, o IGI foi, posteriormente, disponível em CD e mais tarde como uma coleção na Internet.

Hoje, o FamilySearch publica centenas de coleções de registros vitais e registros da igreja para diversas localidades em todo o mundo. Entradas cadastradas do IGI são tratadas de forma consistente com outros registros indexados, publicados pelo país ou estado e organizado nas coleções de registros que foram transcritos.

Realizando uma pesquisa regular no FamilySearch.org este irá buscar tanto os registros indexados IGI quanto os bilhões de registros, mais recentemente indexados. Para procurar apenas as entradas do Índice Genealógico Internacional, selecione a coleção do Índice Genealógico Internacional (IGI) da lista de coleções de registros históricos. Da página da coleção você pode optar por pesquisar tanto as entradas de comunidade indexadas quanto as entradas contribuídas pela comunidade.

Limitações

O Índice Genealógico Internacional é um instrumento de pesquisa. Sempre verifique as fontes originais. As entradas muitas vezes não contêm toda a informação nos registros originais, tais como datas de morte ou nomes de parentes adicionais. Às vezes, apenas partes dos registros paroquiais ou outras fontes foram indexados.
Implementação de hoje do Índice Genealógico Internacional aborda as principais deficiências na implementação anterior. No entanto, não é capaz de corrigir todos eles.

1. Anteriormente, o IGI não poderia ser pesquisado ​​por cidade ou nome da paróquia, mas apenas por país e uma subdivisão ( como estado ou condado dos EUA ou Reino Unido) ). Os usuários compensaram ​​através de pesquisa pelo número do lote. Enquanto a pesquisa de número de lotes ainda é mantida, a maioria do usuários irá preferir procurar pelo nome em ao invés do número.

2. Anteriormente, as entradas indexadas e entradas contribuídas pela comunidade foram misturadas em uma única coleção. A confiabilidade dos dois é diferente, assim os usuários precisavam saber a origem de cada resultado. Os usuários compensaram por examinar o primeiro dígito do número de lote de cada resultado. Gráficos de número do lote ajudavam os usuários a reconhecer as entradas indexadas (extraídas) e entradas contribuídas por usuário. Hoje em dia, os dois tipos são pesquisados ​​separadamente, auxiliando os usuários a distinguir entre os dois.

3. Enquanto crescia para conter uma quantidade enorme de duplicação, o IGI foi originalmente concebido como um arquivo contendo apenas uma entrada para cada nascimento e cada casamento que já ocorreu. Quando novos registros foram indexados, as entradas que duplicavam entradas do IGI existentes foram descartadas. Para compensar esta limitação, quando uma entrada não é encontrada entre as entradas indexadas, pesquise as entradas contribuídas pela comunidade também.

4. As fontes originais para a inscrição no IGI não são mostradas. Para uma entrada indexada, olhe o número do filme no FamilySearch ou catálogo da Biblioteca de História da Família. Para uma entrada contribuída pela comunidade, o colaborador pode ou não ter especificado uma fonte. Veja "Encontrar a fonte dos números de lote no IGI" para mais informação.

História

1973 Originalmente publicado como o "Índice de Arquivo de Computador" publicado em microfichas. Continha 20 milhões de entradas. Cerca de 80% foram extraídas.

1975 Edição de Microficha com 34 milhões de nomes.

1981 Esta, a 4ª edição, foi a primeira a ser chamada de Índice Genealógico Internacional. Contendo 81 milhões de entradas.

1984 A contagem de registro foi de 108 milhões. Oferecidos para venda ao público.

1988 Publicado pela primeira vez em disco compacto (CD-ROM). Parte do programa FamilySearch DOS de computador. Continha 147 milhões de nomes. Excluídas algumas entradas indexadas da edição de 1984.

1992 Edição de microfichas. Continham 187 milhões de nomes. Cerca de 94,5% foram indexados.

Março 1993 A edição em CD-ROM levou mais tempo. Continha mais de 200 milhões de nomes de mais de 90 países.

Julho 1994 O lançamento do CD-ROM da edição de 1994 emitido como um adendo, com 42 milhões de entradas. Inclui entradas perdidas da
Edição 1988. A taxa de duplicação aumentou ao longo edições anteriores.

1997 O adendo do CD-ROM aumentou as entradas de 240 para 284 milhões, dos quais 100 milhões foram de extração.

24 maio 1999 Liberado o website do FamilySearch. Nem todas as 285 milhões de entradas IGI ficaram disponíveis imediatamente, mas foram liberadas por região.
Para mais informações consulte Ancestry Insider, "Quando estava no IGI?" O Ancestry Incider de 4 de Janeiro de 2011).

Cobertura

Descubra quais registros estão incluídos nesta coleção na página de Cobertura do Índice Genealógico Internacional.

Leitura Posterior

Vida Após o IGI
Os seguintes artigos foram originalmente escritos para versões anteriores do Índice Genealógico Internacional e algumas informações podem não se aplicar mais.

Encontrar a Fonte de Números de Lote do IGI
Índice de Ordenança (1840-1997) (na seção "Registros de Templo SUD" de Rastrear Famílias SUD
Encontrar números de Filme sem restrições para Filmes do IGI Restritos Selecionados
Como posso encontrar o nome do Pesquisador no IGI?
Descrições do Número de Lote do IGI
Números de lote do IGI para as Ilhas Britânicas e América do Norte
Números de lote do IGI para Países da América Latina
País de Gales e o IGI
Números de lote globais para o Índice Genealógico Internacional (biblioteca de links para sites de lote IGI para Argentina, Bélgica, Canadá, Ilhas do Canal, Chile, Dinamarca, Inglaterra, França, Alemanha, Índia, Irlanda, Itália, México, Holanda, Noruega, Peru, Escócia, Espanha, Suécia, EUA, Uruguai e País de Gales)
Encontre antepassados ​​no IGI (Passo 8. no Guia das Ilhas do Pacífico para Pesquisa de História da Família)
Os seguintes artigos foram escritos pelo Ancestral Insider.

O que é o IGI? (3 de janeiro de 2011)
Quando foi o IGI? (4 de Janeiro de 2011)
De onde é o IGI? (5 de janeiro de 2011)
Por que era o IGI? (6 Janeiro 2011)
Como é o IGI? (7 Janeiro 2011)
Para onde foi o IGI? (11 Janeiro 2011)